segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Os foguetes do Quim



O déspotazito Kim anda fascinado com os foguetes; o ogrezinho (norte-)coreano ameaçou atacar os EUA em meados de Agosto.
O ‘berreiro’ foi muito mas não houve quem se atrevesse a mandar o primeiro ‘sopapo’. Do ‘palavreado’ que irrompeu, causado pelos ‘picos’ de testosterona daquele grotesco plantígrado designadamente o da ‘lavra’ de gente que cá, pela paróquia, é nomeada «especializada» pouco ou nada se aproveita.
 
Não há quaisquer dúvidas que a estupidez rende. De que vive o vendedor de banha-da-cobra, afinal? Quem possua cinco microgramas de ‘massa cinzenta’ não os atura – trata de ir às fontes da especialização renunciando-lhes, obviamente, os serviços de diagnose e/ou hermenêutica.

Do que não restam dúvidas é que duas (imediatas) consequências, houve (cada qual mais benéfica do que a outra): por um lado, os mercados financeiros levaram com um balde de água gelada para não sobreaquecerem e, por outro lado, a indústria dos armamentos estará exultante. Moços, da fundamentação dessa exultação há um texto [teatro] de George Bernard Shaw ― irrecomendável, aliás ― apropriado.
Tolinhos! Do Homem e sobre os homens pouco haverá, ou não haverá, que não esteja escrito. E, infelizmente, a maioria das ‘reciclagens’/adaptações/actualizações/… são de pior qualidade e, portanto, de menor assertividade. Nunca repararam que quem sabe ou pode, diz nada? E se chega a dizer, fá-lo sempre com as cerces palavras do inevitável?

Lady BritomartNão há questão moral no assunto, Adolphus. Deves simplesmente vender canhões e armas às pessoas cujas causas forem correctas e justas, e recusá-las aos estrangeiros e aos criminosos.
Andrew UndershaftNão, nada disso. É preciso manter a verdadeira fé de armeiro […] ceder armas a todos os homens honestos que ofereçam um preço justo por elas, sem atender a pessoas ou princípios: a aristocratas e republicanos, a niilistas, a capitalistas e socialistas, a protestantes e católicos, a polícias e ladrões, a pretos, brancos e amarelos, a todos os tipos e de todas as condições, de todas as nacionalidades, credos, fés, de todas as estupidezes, de todas as causas e crimes […]
~ in  3ºActo/Major Barbara